Plano de Negócios no setor Sucroalcooleiro

Objetivo: Oferecer aos participantes conceitos e práticas modernas, com cases estruturados para elaboração de um plano de negócios para o setor sucroalcooleiro.

Público Alvo: Executivos e profissionais industriais ligados ao setor sucroalcooleiro

Carga horária: 30 Horas

Investimento do Curso in Company: Enviar e-mail para [email protected]

Instrutor: Anderson Cunha (CV no site, em Equipe)

Conteúdo Programático

Parte I – Premissas Estratégicas  
  1. Quais os motivos que nos levam a tomar a decisão de fazer um plano de negócios e/ou reestruturação financeira e/ou societária?
  2. Discussões e Entendimento de alguma premissas macro-econômicas: Infração brasileira e america, Câmbio, Risco Brasil, EMBI+, títulos americanos “livres de risco”?!
  3. Entendimento e discussões sobre as principais variáveis mercadológicas dos produtos do setor: álcool carburante, álcoois especiais, açúcares mercado interno e externo, bagaço, energia, levedura, tooling etc;
  4. Reestruturação & Marketing
  5. CAPEX: Necessidades de investimentos analiticamente calculadas, Situação cadastral e financeira para determinadas linhas, Linhas de financiamento disponíveis X condição financeira empresarial;
  6. Levantamento de todos os pontos positivos da organização, bem como seus riscos;
  7. Interface do acionista no contexto financeiro da reestruturação;
  8. Importância das certificações, contatos políticos e sindicatos do setor.
Parte II – Premissas de Custos e eficiências  
  1. Identificação analítica e probatória de todos os custos analíticos gerênciais versus consistência aos custos contábeis;
  2. Identificação das premissas agrícolas atuais e perpectivas futuras: áreas de cana, arrendada e irrigada; tonelada próprias e de terceiros;
  3. Fornecedores de cana: diferentes formas de pagamentos e bonificações;
  4. Discussões sobre os custos industriais e adminitrativos atuais e futuros;
  5. Discussões sobre plano estratégico na redução dos custos à implementar: atitudes & ferramentas de gestão;
  6. Eficiências agrícolas e industriais atuais versus investimentos projetados para aumento da eficiência;
  7. Tributações & incentivos fiscais (imposto de renda, crédito presumido);
  8. Estrutura da dívida atual versus perspectivas de pagamento futura com ou não inclusão dos novos investimentos;
  9. Discussões sobre o capital de giro/Working Capital;
Parte III – Análise dos Relatórios Financeiros  
  1. Interpretação dos principais resultados financeiros: EBITDA, Fluxo de caixa e suas variações, projeções do balanço patrimonial;
  2. Análise do fluxo de caixa descontado:
    1. WACC (forma de cálculo e interpretação)
    2. Terminal Value: método Gordon Shapiro;
    3. Cálculo do Valor da Empresa “Enterprise Value”
    4. Cálculo do valor líquido da Empresa “Equity Value”
    5. Análise comparativa e discussiva sobre os parâmetros disponíveis:
      1. Trading Multiples
      2. Transations Multiples
      3.     Principais análises dos investidores externos;
      4.     Principais análises e exigências dos bancos de investimentos;
      5.     Principais análises e ponderações sobre um Recuperação Financeira;
 Parte IV – Discussão sobre Apresentação de resultados & Conclusões